15 abr 2014 03h21Atualizado em 15 abr 2014 10h14

Suspeito da morte de Eduardo se entregou ontem.

BARRADOS
Suspeito de ter matado o jovem Eduardo, no último dia 5, Gean Carlos Vieira, se apresentou ontem na delegacia de Quirinópolis. Ele estava acompanhado por um advogado. Gean negou qualquer participação no crime e disse que ficou escondido com medo das graves ameaças que passou a receber desde que Eduardo foi morto a tiros, em frente a casa da namorada.



Na delegacia, o suspeito apresentou um álibi, cujos detalhes o delegado Tommaso Leonardi prefere não divulgar para não atrapalhar as investigações. Gean confirmou que ele e Eduardo já tiveram um desentendimento, mas nada recente, que justificasse a prática do crime.

A prisão pedida pela Polícia Civil e decretada pela justiça é temporária, válida por 30 dias, prorrogáveis por mais 30. O delegado Tommaso disse que a prisão de Gean é importante porque até agora o que se tinha de concreto eram depoimentos de pessoas ligadas à vítima. Agora será possível confrontar as informações já colhidas com a versão do suspeito.









Entrevista com o delegado Tommaso Leonardi

© 2015 - Barrados.net - Todos Direitos Reservados. by #mndti