7 out 07h20Atualizado em 7 out 11h39

Ação conjunta prende suspeitos de homicídio e de roubos, em Quirinópolis

BARRADOS
Por volta das 16h de ontem (6), a Polícia Militar (PM) foi informada pelo delegado Rafael Gonçalves de que a Polícia Civil (PC) já havia identificado dois adolescentes suspeitos de participação na morte de Leonardo Costa Ferreira, 29 anos, ocorrida na madrugada desta sexta-feira (6), bem como no roubo da Boate Malibu, à Via Leocádio de Souza Reis.


Diante das informações recebidas, equipes da Polícia Militar (PM) foram até a residência de um dos infratores, no Conjunto Eldorado. O suspeito estava próximo à residência. Quando avistou a viatura, sacou de uma arma de fogo e atirou sobre o muro. Os militares entraram na casa onde o menor havia jogado a arma, encontrando o revólver Taurus, calibre 22, com 6 munições intactas. No bolso do menor foi localizada outra munição do mesmo calibre. Em seguida, os PMs foram à residência do adolescente, onde encontraram no quarto, 24 papelotes de maconha e uma motocicleta Honda CG Titan, vermelha, placa JVY-3389, a qual havia sido roubada. O menor negou participação nos crimes apurados. Logo em seguida, os policiais foram até a casa de outro menor, à Rua do Conjunto Capelinha. O portão estava aberto, o menor estava na frente da casa, onde reside sua avó. Indagado, o menor confessou ser o autor do homicídio praticado contra Leonardo. Ele informou o nome do comparsa, com o qual estava em uma motocicleta e que havia comprado a arma em sociedade com outro elemento. Depois do crime, a arma foi deixada na residência de um deles, no Bairro Morada do Sol. Quando a polícia chegou, o suspeito tinha acabado de sair do local. Em busca domiciliar, foram apreendidas 6 munições calibre 32 intactas e 3 deflagradas, 3 celulares e uma máscara, objetos que estavam em uma gaveta, no quarto do suspeito.


Além da motocicleta usada no homicídio, também foi apreendido um Fiat Strada utilizado pelos meliantes para o transporte da arma, 9 celulares e um notebook Lenovo. Depois, os militares foram até a casa de outro suspeito, onde este também confessou participação no homicídio, alegando ter emprestado a arma para os outros dois. Todos os envolvidos foram levados para delegacia.


Além da polícia de Quirinópolis, a ação contou com a participação do GPT (Grupo de Patrulhamento Tático) de São Simão e CPE (Companhia de Policiamento Especializado) de Rio Verde.
fullscreen

© 2015 - Barrados.net - Todos Direitos Reservados. by #mndti