26 fev 2014 09h57Atualizado em 26 fev 2014 09h57

Procurador do Trabalho visitou Quirinópolis hoje cedo

BARRADOS
Trabalho infantil foi tema de reunião, hoje cedo, com a presença do Procurador do Trabalho, Thiago Ranieri. No Centro Comunitário Dona Margarida, ele se reuniu com conselheiros tutelares; prefeito Odair Resende; I dama Fátima Menezes; coordenador da Brigada Mirim Ambiental, Sd. Edvaldo; presidente do CONSEG e delegado do CRC, Avenir Soares Bernardes; e representantes de diversas entidades.



Em pauta, a criação de uma rede de proteção à criança. No foco das discussões, o trabalho infantil. O Procurador destacou a diferença entre trabalho dos menores com educação familiar, quando se coloca os filhos para executar alguma tarefa. O que não pode acontecer, por exemplo, é repassar todas as responsabilidades domésticas para uma criança, como ainda acontece bastante. Quanto a trabalho formal, ele disse que menores entre 14 e 16 anos podem sim trabalhar, mas em condições de aprendizes.





Questionado sobre o que fazer para que os menores de 14 anos não fiquem ociosos e portanto, sujeitos à deliquência, o Procurador salientou que é por isso que o Ministério Público do Trabalho está envidando esforços para se criar uma rede de proteção à criança, dando-lhes oportunidades. ?O que não se pode é roubar a infância das nossas crianças?, frisou Dr. Thiago.
fullscreen

© 2015 - Barrados.net - Todos Direitos Reservados. by #mndti